Campanhas #Fail de candidatos a prefeito em mídias sociais

Campanhas #Fail de candidatos a prefeito em mídias sociaisComo já trabalhei por um tempo com marketing digital para pré-candidato político para uma cidade do Rio Grande do Sul, pensei como iriam ser as campanhas de mídias sociais da cidade onde moro, Taboão da Serra, cidade da Grande São Paulo.

Bem, os candidatos a prefeito de Taboão da Serra estão presentes nas mídias sociais, mas de uma maneira #Fail e, pelo visto, sem nenhum planejamento ou provavelmente muito menos análise e mensuração de seus potenciais eleitores.

Aprígio e Fernando Fernandes são os candidatos à prefeitura de Taboão da Serra. Eles estão fazendo muito barulho nas ruas (como odeio isso), mas as campanhas nas mídias sociais estão a desejar.

Somos praticamente 84 milhões de brasileiros na internet. Parcela predominante deste número está nas redes sociais. O Brasil é o segundo país com mais perfis no Facebook, com mais de 56 milhões, segundo a Socialbakers. Então, sim, uma estratégia de campanha nas mídias sociais é muito importante e relevante.

Aprígio, candidato pelo PSB, possui seu site de sua candidatura, sem muita adaptação de SEO para ter relevância no Google. Nesta página estão em destaque seus perfis no Facebook, Twitter, Orkut e Youtube.

Facebook: O link do Facebook está para o seu perfil pessoal, cuja URL está vereador.aprigio, com atualizações periódicas. Mas e a fanpage? Depois de procurar, acabei encontrando, com poucos curtidores e com atualizações diferentes em relação ao perfil pessoal.

Twitter: Possui somente 35 seguidores, sendo que sua última atualização foi em 31 de dezembro de 2011.

Orkut: O link direciona para uma página pessoal, e não para uma comunidade. Possui somente 3 amigos (Own!).

Youtube: O link do Youtube linka para, a home do site.


[nggallery id=3]


Fernando Fernandes, candidato pelo PSDB, possui seu site de candidatura, com os links das redes sociais, Facebook e Twitter, não muito destacados. As configurações de SEO no site estão básicas, fora do ideal.

Facebook: Possui dois perfis na rede social, sendo usado como Orkut, pois um perfil já atingiu o limite de amigos e escrito como “cheio”, e outro perfil pessoal com mais de 3.000 amigos. Ambos os perfis estão sendo atualizado da mesma forma, ou seja, duas vezes o mesmo conteúdo. Não possui fanpage.

Twitter: Possui 188 seguidores com poucas informações na bio, e não atualiza desde 14 de dezembro de 2011.


[nggallery id=1]


Pois é. Fiquei decepcionado pelo jeito amador que os candidatos à prefeitura de Taboão da Serra estão levando nas mídias sociais. Estão usando perfis pessoais do Facebook, sendo que são as fanpages que poderão fornecer relatórios de visitas e de repercussão de suas postagens.

O Twitter e Orkut foram criados e esquecidos e colocam link de rede social que leva para lugar algum. Será que os candidatos não percebem a importância que as mídias sociais têm hoje em dia? Que através delas poderão encontrar seus eleitores, defensores, militantes, acompanhar as reivindicações, fazer arrecadações para a campanha e outros insights que poderão ter para conquistar o eleitorado?

Cases de sucesso como de Barack Obama (campanha a presidência em 2008) e de Marina Silva (campanha a presidência de 2010) poderiam servir de inspiração de como se trabalhar com campanha política na internet, pois as mídias sociais têm que ser pensado e planejado para ser uma oportunidade em potencial e não somente só outro meio de “panfleto digital”.

E você, acompanha algum candidato político de sua cidade nas redes sociais?

  • Alan

    Aqui em Taboão da Serra também tem outro candidato: Stanislaw Szermeta, do PSOL. Pelo que sei, sua participação nas redes sociais se restringe ao Facebook (http://pt-br.facebook.com/Stan.Psol). Mas, assim como os outros dois, deixa a desejar nesse quesito.

    • http://www.rodmoraes.com.br/ Rod Moraes

      Esse nem sabia! Mas vejo que ele criou perfil pessoal ao invés de uma fanpage. Se eles fizessem um trabalho mais descente, podíamos conhecê-los melhor e ter mais certeza na hora de votar. Obrigado pelo comentário Alan, =)